<$BlogRSDUrl$>

sábado, maio 29, 2004

Empurro-a um pouco, com rudeza, para ver se ela acorda. Mexe-se, suspira, e continua a dormir, alheia a tudo.

[Hanif Kureishi, Intimidade]

This page is powered by Blogger. Isn't yours?