<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, março 01, 2004

A Insónia / escrever mal ao som de Leonard Cohen

Acordo. Ouço grunhidos longinquos. Levanto-me, mesmo sabendo que ficarei algum tempo à espera que o mundo acorde. Não me apetece pensar. Nunca me apetece. Visto-me lentamente. Saio de casa. As ruas estão vazias, o que me dá um prazer demoníaco. Apetece-me gritar. A chama da loucura consome todo o meu corpo. Dá-me uma vontade obssessiva de beber "sangue como groselha". Obtusamente, os grunhidos de há bocado batem-me, com um estrondo envergonhado, sem que, ao menos, me tivesse dado conta do que se tratava. Volto para casa. Entro no quarto, quase que, por arrombamento e deito-me na cama. Em fracções de segundos, toda aquela fúria interior, desvaneceu-se. Adormeci.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?